Para coroar a grande campanha do Caxias no Campeonato Gaúcho 2020, a equipe grená recebeu diversos prêmios individuais na cerimônia dos melhores do Gauchão. Somente na seleção do torneio, o time da serra gaúcha obteve quatro posições. O clube também teve o melhor dirigente do estadual, com presidente do Caxias, Paulo dos Santos.

Marcelo Pitol - melhor goleiro

Ivan - melhor lateral-direito

Diogo Oliveira - melhor meia

Rafael Lacerda - melhor técnico

Presidente Paulo César dos Santos - melhor dirigente

Laércio - craque da final do Gauchão 2020

Foto: Vitor Soccol/Dinâmica Conteúdo e Luiz Erbes


O estádio Bento Freitas foi alvo de vândalos na noite de domingo. A casa Xavante amanheceu pichada após a segunda derrota do time na Série B do Brasileirão. No final de semana, o Brasil de Pelotas perdeu para o Operário-PR por 2 a 1. O gol da vitória do time mandante foi irregular, já que teve um toque de mão não visto pelo árbitro.


Em cinco jogos neste começo do Campeonato Brasileiro, o time gaúcho tem três empates e duas derrotas seguidas. As pichações aconteceram na fachada do estádio no lado das sociais e tinham dois alvos. As frases pediam as saídas do presidente Ricardo Fonseca e do técnico Hemerson Maria. Além disso, ainda tinham ameaçadas como "vão morre" e "acabou a paz".


Sem vencer na Série B, o próximo confronto será contra o Cruzeiro, quarta-feira, às 21h30, no estádio Bento Freitas.


Imagem: Reprodução

Atualizado: Set 1

Foram conhecidos os melhores do Campeonato Gaúcho 2020, uma competição atípica neste ano, já que começou em janeiro e terminou em agosto. A motivo desta longe espera em se conhecer o campeão foi a pandemia da covid-19. O estadual chegou a ficar quatro meses paralisado e só foi retomado após um protocolo rígido de saúde sanitária para realização das partidas. Confira os melhores em cada posição:


Atacante e Craque do Gauchão: Everton Cebolinha (ex-Grêmio);


Centroavante e goleador: Diego Souza (Grêmio);


Segundo meia: Thiago Galhardo (Inter);


Primeiro meia: Diogo Oliveira (Caxias);


Segundo volante: Edenilson (Inter);


Primeiro volante: Matheus Henrique (Grêmio);


Lateral-esquerdo: Zé Mário (Novo Hamburgo e atualmente no Ypiranga)


Segundo zagueiro: Cuesta (Inter);


Primeiro zagueiro: Geromel (Grêmio);


Lateral-direito: Ivan (Caxias);


Goleiro: Marcelo Pitol (Caxias);


Melhor treinador: Rafael Lacerda (Caxias);


Melhor árbitro: Leando Vuaden


Melhor Auxiliar: Maurício Penna


Melhor dirigente: Paulo César dos Santos (Presidente do Caxias)