Está aberta oficialmente a temporada 2021 do Rubro. Os atletas já anunciados participaram de uma atividade com a diretoria, comissão técnica e Conselho Deliberativo na tarde desta segunda, dia 18, na sede do clube. Depois da atividade oficial de abertura do ano, que foi fechada para a imprensa, o grupo realiza treinamento no campo da Imasa.


Em sua saudação, o presidente do Rubro, Lauro Hass, observou que a diretoria confia muito no grupo e na comissão técnica. “Acredito em um bom trabalho, que vá render frutos. Temos uma boa base, excelentes retornos e novas contratações, além de reforços que devem chegar durante a semana. Temos tudo para fazer um bom campeonato, acreditamos que, a partir da união de todos, vamos fazer a diferença. O resultado em campo só vai aparecer com a união no vestiário”, disse.


Durante esta atividade, os jogadores também ouviram uma fala de Vilson Hepp, presidente do Conselho Deliberativo do São Luiz, desejando boas-vindas. “Queremos sucesso nesta temporada e vamos alcançar isso juntos. Vamos fazer de tudo para que vocês possam trabalhar e buscar os resultados. Sejam bem-vindos”, salientou.


A estreia na competição será no dia 28 de fevereiro, contra o Ypiranga. Novos reforços devem chegar ao clube nos próximos dias para o Gauchão 2021.


Confira os atletas que iniciaram as atividades


Goleiros – Luis Cetin, Renan Rocha e João Augusto;


Zagueiros – João Marcus, Rafael Goiano e Jadson (Jadson se apresenta amanhã);


Lateral esquerdo – Márcio Goiano e Gabriel Araújo;


Lateral direito – Vitor;


Volantes – Leandro Leite, Paulinho Santos, Germano, Jeferson Prill, Rafael Lima e João Battu;


Atacantes – Hugo Almeida, Douglas Kemmer, Gustavo Xuxa, Ariel, Juba e Dionata Piolho;


Foto: Lucas Dorneles/São Luiz/Divulgação

Após 20 anos atuando nos campos do interior do Rio Grande do Sul, o jogador Vagson Ribeiro vai para uma nova etapa na vida. O profissional pendurou as chuteiras e parte para a carreira de treinador de futebol.


Em contato com o site peleiafc.com, ele disse que está aberto a negociações. Ele projeta usar toda a sua experiência dentro de campo nesta nova fase. Foram diversas temporadas em clubes como Grêmio (Sub-20), Caxias, Brasil de Pelotas, Ulbra, Mogi das Cruzes, Farroupilha, Lajeadense, Pelotas, Inter SM, São Paulo e Glória.


O profissional também chegou a trabalhar com técnicos como Dário Pereira, Milton Cruz, Lisca, Cleber Xavier (atual auxiliar do Tite na Seleção Brasileira), Armando Dessersards, Rogério Zimerman, Tonho Gil e tantos outros.


Aos 39 anos, ele espera ter a oportunidade de seguir no futebol fora das quatro linhas, usando da experiência adquirida em duas décadas dentro de campo.


Foto: Arquivo Pessoal

Faltou pouco para o Ypiranga conseguir o acesso a Série B do Brasileirão. Novamente, no último jogo, o time gaúcho bateu na trave. Ao contrário de 2019, no nacional de 2020 o canarinho ficou dependendo de terceiros. Mesmo vencendo o Paysandu no sábado, em Erechim, por 1 a 0, o acesso não veio, pois o Londrina derrotou o Remo em Belém.


Apesar do insucesso, o trabalho no estádio Colosso Da Lagoa é positivo. E o clube já não perdeu tempo e começou a planejar a temporada de 2021, quando terá novamente o Gauchão e a Série C. A direção anunciou neste domingo a renovação de contrato com o Executivo de Futebol Renan Mobarack, braço direito da diretoria. Ele permanece até o final deste ano.


O profissional está em sua segunda passagem pelo clube das cores nacionais, sendo um dos principais responsáveis pela montagem das equipes vencedoras dos últimos anos, sempre chegando as fases decisivas das competições estaduais e nacionais, e conquistando o título da Divisão de Acesso 2019. Com a renovação do vínculo do profissional, o YFC inicia a montagem do grupo para a temporada 2021, que promete fortes emoções: Campeonato Gaúcho da primeira divisão, Série C do Campeonato Brasileiro, e muito possivelmente a Copa do Brasil. Para estar nesta última competição, o Canarinho depende que a dupla Grenal esteja na Libertadores 2021", anunciou o clube.


Foto: Arquivo Pessoal

Executivo Renan (esquerda) e Presidente Adilson (direita)