Após a confirmação da realização da Copa Ibsen Pinheiro, o Riopardense já tem comissão técnica para o torneio. Conforme apurou o site peleiafc.com, Carlos Alberto Estevão (Caco) vai comandar o clube dentro de campo. O Riopardense está no Grupo B da Copa FGF ao lado de São José, União Harmonia, Novo Horizonte, Santa Cruz e Bagé. O torneio começa no dia 8 de novembro em turno único dentro dos grupos. Passam os dois primeiros de cada grupo para os mata-matas.

Confira a comissão técnica completa:

Treinador- Carlos Alberto Estevão (Caco)

Auxiliar Técnico- Diego Borges

Preparador Físico - Alexandre Brum

Treinador de Goleiros- Christian Castro

Foi realizado na tarde desta sexta-feira o Congresso Técnico da Copa FGF 2020. Neste ano a competição terá o nome de Ibsen Pinheiro, dirigente do Internacional falecido no começo do ano.


O encontro de hoje foi de forma online devido à pandemia da COVID-19. Nas últimas semanas, a Federação abriu para os clubes demonstrarem interesse no torneio que dará vaga na Copa do Brasil. Cerca de 13 clubes tinham dado retorno positivo a entidade, mas 11 vão jogar.

A competição começará no dia 8 de novembro e a final está prevista para ser realizada até o dia 27 de dezembro. Os clubes foram divididos em dois grupos, um com cinco times e outro com seis. Cada equipe será responsável por testar seu elenco e comissão técnica. O exames serão exigidos pela FGF a cada duas rodadas.


A competição se dará em turno único dentro dos grupos. Os dois primeiros de cada chave avançam para os mata-matas. Os jogos da semifinal e final serão de ida e volta.


Desistiram de jogar ao torneio Guarany de Bagé e Brasil de Farroupilha. O Avenida acompanhou o congresso e optou por não jogar. Os mandos de quem joga em casa e fora será via sorteio.


GRUPO A

Marau

Inter de Santa Maria

Santo Ângelo

Passo Fundo

Nova Prata


GRUPO B

São José

União Harmonia/Canoas

Riopardense

Novo Horizonte/Esteio

Santa Cruz

Bagé

Um notícia pegou todos de surpresa na manhã desta sexta-feira. Os jogadores, membros da comissão técnica e funcionários do São Caetano divulgaram uma nota nas redes sociais afirmando que não entrarão em campo no jogo deste final de semana pela Série D. O adversário do time paulista é o Pelotas, às 18h, no Anacleto Campanella.


O motivo é o atraso nos salários. Conforme publicação, eles afirmam estarem há meses com salários atrasados. A CBF ainda não se pronunciou sobre o caso.


Neste ano, o São Caetano foi campeão da Série A2 do Campeonato Paulista. O clube tinha uma parceria com um grupo de investidores. O negócio foi rompido após divergências com a diretoria. Seriam quatro meses dos funcionários sem salários.


Confira abaixo a nota oficial de jogadores e funcionários do São Caetano:


Após reunião realizada na manhã desta sexta-feira entre nós (jogadores), membros da comissão técnica e funcionários, decidimos que não vamos entrar em campo neste fim de semana.


Deixando assim de enfrentar o Pelotas em confronto que aconteceria neste sábado (24), às 18h, no Anacleto Campanella, pela nona rodada da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro.


Essa difícil decisão, porém necessária, foi tomada devido ao não recebimento dos honorários dos últimos meses, direito fundamental de todo trabalhador.


Por conta dessa situação (atraso de salários) que se arrasta pelos últimos meses no clube, definimos por não disputar a próxima partida, para que atitudes sejam tomadas e desta forma corrigir o rumo deste time que tanto respeitamos.


Foto: Fabrício Cortinove/ São Caetano