"É revoltante a atuação da arbitragem. Erros grotescos. Nunca vi em 26 anos", dispara técnico do JU

Esportivo e Juventude entraram em campo em situações opostas na tabela do Campeonato Gaúcho. O Juventude luta pela vaga no G4 no estadual. Já o Esportivo briga para fugir do rebaixamento. Nos 90 minutos, o Juventude foi superior e dominou as ações, principalmente no segundo tempo.


A partida, válida pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Gaúcho, ocorreu na noite desta segunda-feira (19/04), no estádio Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves.


O jogo terminou 2 a 2 e ficou marcado por três erros da arbitragem. Segundo os analistas, o primeiro gol do Esportivo houve toque de mão, o pênalti para os donos da casa não ocorreu e o Juventude teve um gol anulado por impedimento inexistente.


Após o jogo em Bento Gonçalves, o técnico Marquinhos Santos classificou como desastrosa a arbitragem de Lucas Horn e seus auxiliares.


"É revoltante né a atuação da arbitragem, porque um trabalho em que a gente buscava a vencer o adversário, sabendo da qualidade, da dificuldade que seria, porque o Esportivo estava jogando contra o rebaixamento, mas não acreditávamos que pudéssemos ter essa dificuldade em relação a arbitragem. Mas estamos na briga, vamos para o último jogo com chance de classificação", pontuou o treinador.


Para o técnico do Juventude, os erros interferiram diretamente no resultado da partida. Ele também comentou nunca ter visto uma arbitragem tão ruim em 26 anos de trabalho no futebol.


"Interferiu diretamente né. O primeiro gol foi feito com a mão do atleta do Esportivo nítido, o segundo gol em que não houve a penalidade numa disputa de bola normal, o gol legal do Wescley que ele veio a tomar a decisão depois. Vale lembrar o gol que anulou o gol do tiro de meta em uma transição rápida. Erros grotescos da arbitragem, uma arbitragem lamentável que eu nunca vi em 26 anos de futebol", disse Marquinhos Santos.


Na última rodada, o Verdão enfrenta o Brasil de Pelotas. A Federação Gaúcha deve confirmar data e horário da partida nos próximos dias.


Foto: Gabriel Tadiotto/ECJuventude