Adaílton é o novo auxiliar-técnico das categorias de base

Nome conhecido no estádio Alfredo Jaconi, o ex-atacante Adaílton é o novo auxiliar-técnico das categorias de base do Juventude. O profissional trabalhará em conjunto com as comissões das equipes sub-15, sub-17 e, principalmente, sub-20, com o objetivo de auxiliar no alinhamento da metodologia de todas as categorias, seguindo as diretrizes do projeto de futebol. Adaílton já iniciou os trabalhos junto às comissões.


O ex-atacante iniciou sua carreira na base Alviverde e profissionalizou-se em 1995, onde disputou a Série A do Brasileirão. Após rápida passagem pelo Guarani (SP), o atacante foi contratado pelo Parma, da Itália. Foi na Europa que ganhou grande notoriedade e passou a maior parte da carreira. Em 1998, foi contratado pelo Paris Saint Germain e em 1999, chegou ao Hellas Verona, onde permaneceu por sete temporadas. Na Itália, o atacante defendeu ainda Genoa e Bologna. Antes de voltar ao Juventude, em 2013, o atacante atuou pelo FC Vaslui, da Romênia.


Fora das quatro linhas, Adaílton também carrega um currículo de peso. O profissional tem os cursos A e B da UEFA, além de estágios com Carlo Ancelotti, no Napoli e Gian Gasperini, na Atalanta. Em 2017/18, pelo Virtus Verona (ITA), teve a primeira experiência como auxiliar-técnico. Em 2019/20, assumiu o comando do Virus Carpaneto (ITA) e em 2021, foi auxiliar no Gama. Com a grande rodagem pela Europa, o profissional sem dúvidas será mais um reforço de peso para a base Alviverde.


Head Coach das categorias de base, Eduardo Barros explicou a importância da chegada do profissional no processo de formação. “Eu penso que uma equipe de trabalho de categorias de base deve ter um perfil de profissionais que se complementam e a chegada do Adaílton é justamente nesse contexto. Ele foi um jogador de altíssimo nível e se preparou para ser treinador. Nós entendíamos que precisávamos desse perfil, que já tem experiência na função e que pode contribuir na troca de conhecimento não só com os treinadores da casa, mas também, com toda sua experiência sobre o jogo, com os atletas”.


Barros ainda completou. “A gente conta com ele em todas as demandas que existem nas categorias de base, que são: captação de jogadores com potencial, tanto de mercado, como para jogarem na equipe principal; no desenvolvimento do modelo de jogo das categorias, com ele trazendo elementos que aperfeiçoam constantemente nossa forma de jogar; e no desenvolvimento individual dos jogadores. Nessas três frentes ele irá atuar na posição de auxiliar-técnico”.


Adaílton destacou a felicidade em retornar ao Verdão e falou sobre os objetivos para a temporada “Estou muito feliz em retornar ao Juventude nesse novo trabalho na área técnica. Espero contribuir com minha experiência, com o que já vivi no clube e também fora dele. Nosso objetivo é colocar o maior número possível de jogadores da base no profissional, com condições de jogar a Série A e ajudar o Juventude a ser o clube formador que sempre foi. Retornar para cá é como voltar para casa. Estou muito feliz”.


Foto: Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude