Após 10 anos, auxiliar Kinho Forgiarini retorna ao Rio Grande do Sul

O ano de 2022 é especial para o auxiliar técnico Kinho Forgiarini. O profissional faz parte da nova comissão técnica do Caxias anunciada antes do começo da Série D do Brasileirão, que é liderada pelo técnico Luan Carlos, 29 anos. Kinho estava no Camboriú, onde foi vice-campeão catarinense em uma campanha surpreendente, que levou o clube à Série D 2023 e a Copa do Brasil.


O último trabalho de Kinho no futebol gaúcho do interior foi em 2012, no Lajeadense. Natural de Catuípe, o profissional recebeu o convite para trabalhar no México e foram longos 10 anos até o retorno em 2022 para reencontrar as suas raízes.


"Meu último trabalho no Rio Grande do Sul foi em 2012 no Lajeandese, trabalhei no Gauchão Sub-17 e estava participando de uma Copa no final do ano, quando recebi o convite do Marco Antônio de Almeida para ir trabalhar no Futebol Mexicano. Foram 10 anos longe do estado. Para mim está sendo gratificante em trabalhar no estado e conviver novamente com grandes amigos que aqui deixei", comentou o auxiliar.


Aliás, Kinho estará como treinador interino do Caxias na próxima rodada da Série D no jogo contra o São Luiz, no Estádio 19 de Outubro, sábado, às 18h. O motivo é que o técnico Luan Carlos foi expulso contra o Aimoré e não poderá estar na beira do campo. Quanto ao trabalho no Estádio Centenário, o objetivo é alcançar o tão sonhado acesso à Série C, que a equipe bateu na trave na temporada passada.


"Sabíamos que seria desafiador em vir trabalhar no Caxias, pela história do clube, pelo torcedor que é muito participante, pela necessidade de conquistar o sonhado acesso, mas estamos comprometidos com o processo e vamos fazer de tudo para conquistar grandes resultados", finalizou o auxiliar grená.


Foto: Vitor Soccol/Divulgação