Após críticas, Brasil trabalha na recuperação do gramado do Bento Freitas

Nesta sexta-feira, o gramado do Bento Freitas recebeu o primeiro corte horizontal após o plantio e semeadura da grama de inverno. Segundo o engenheiro Agrônomo do clube Régis Andrades, o procedimento, além de evitar o acamamento (as folhas deitam devido a espessura fina) da grama, serve para cortar as pontas, o que leva ao desenvolvimento de mudas laterais.


O Vice-presidente de Patrimônio Cláudio Carvalho disse que os procedimentos de tratamento do campo estão seguindo à risca o cronograma, e o resultado até o momento está satisfatório.


Após o Gauchão, a condição do gramado do estádio Bento Freitas foi criticada pelo técnico Cláudio Tencatti em coletica. Ele classificou como "pasto" a situação no começo da temporada. Segundo o técnico, o gramado do Bento Freitas sempre foi referência. Agora, para o Brasileirão da Série B, o campo voltará a ficar um tapete.


Foto: Divulgação