Após ir à CBF, Juventude é novamente prejudicado pela arbitragem

O Juventude mostrou poder de reação em mais uma partida no Brasileirão. Após sair atrás do placar no segundo tempo, a equipe comandada pelo técnico Marquinhos Santos mostrou força para buscar empate e com o 1 a 1, conquistou mais um ponto importante longe de casa na competição.


Novamente, o time gaúcho foi prejudicado pela arbitragem. Aos 28 minutos do primeiro tempo, Castilho cobrou escanteio, Rafael Forster desviou e a bola morreu no fundo do gol. Héber Roberto Lopes, porém, marcou uma falta inexistente no lance e anulou o gol. É o terceiro jogo seguido com erros contra o verdão. Curiosamente, no mesmo dia do jogo, a direção do Juventude esteve na CBF e se reuniu com o presidente da comissão de arbitragem, Leonardo Gaciba, para tratar dos outros erros.


A partida de quinta-feira (02/09), no Maracanã, era válida pela 14ª rodada. Com o ponto, o Juventude chega aos 22 e permanece na 13ª colocação.


Foto: Fernando Alves/E.C.Juventude