Após montar time as pressas, São Caetano entra em campo e leva 9 do Pelotas

Na sexta-feira, jogadores do elenco profissional e demais funcionários do São Caetano anunciaram greve. O motivo é o atraso nos salários que chega a quatro meses. Havia uma grande indefinição se o clube entraria em campo pela Série D, neste sábado, contra o Pelotas.


Horas antes da partida, o São Caetano confirmou a entrada em campo. O time foi para o jogo com muitos jovens da base. A partida ainda atrasou 8 minutos. A bola estava prevista para rolar às 18h, mas o Pelotas deve de esperar alguns minutos até o adversário entrar oficialmente no gramado do Anacleto Campanella.


Com bola rolando, a qualidade técnica do Pelotas prevaleceu sobre um time totalmente desmobilizado e montado as pressas. O lobão venceu pelo placar de 9 a 0, uma goleada histórica. Foram seis gols marcados no primeiro e três na etapa final. Balançaram as redes para o time pelotense: Ramires, Itaqui (2x), Ariel (2x), Matheus Santana, Marcão (2x) e Tatá.


Após o jogo, o São Caetano emitiu uma nota assinada pelo seu presidente enaltecendo os jogadores que entraram em campo para evitar o W.O, classificado por ele, como algo que seria vergonhoso.


"Venho por meio desta nota, enaltecer os atletas que hoje entraram em campo.

Sabemos que o desejo de alguns eram que não entrássemos em campo, o VERGONHOSO W.O. Prometo me dedicar tomando como exemplo essa atitude de vocês, não medirei esforços em colocar a vida econômica do clube em ordem", declara Nairo Ferreira em parte da nota.