Após passagem pelo futebol gaúcho, Diego Gavilán volta a comandar um clube

O paraguaio Diego Gavilán comandou a equipe do Cerro Portenho no empate por 0 a 0 contra a equipe do Sol de América pela estreia do Campeonato Paraguaio Sub-23. A competição tem o mesmo formato e as mesmas dez equipes da categoria profissional, com os torneios Clausura e Apertura. O paraguaio falou sobre esse momento.


“Aqui no Cerro existe um projeto onde trabalhamos as categorias de base nos mesmos moldes de jogo da equipe profissional. Isso só é possível graças a um modelo que estamos implantando aqui junto com o Arce. A ideia é que o jogador esteja preparado para o ritmo do profissional desde a formação. Esse campeonato será muito importante para os atletas pois eles entram em um cenário de competitividade e adquirem uma experiência importante. Estamos com uma expectativa muito alta para esse torneio”, contou.


Diego Gavilán chegou ao Cerro Portenho no final de janeiro de 2021, o ultimo trabalho como treinador havia acontecido em 2019, aqui no Brasil sob o comando do Pelotas. O treinador também comentou sobre sua última passagem.


“Guardo com muito carinho essa passagem que tive como treinador no Brasil e espero sim poder voltar a trabalhar no país. Joguei lá por muito tempo e acompanho o futebol brasileiro. Sei que na América do Sul é o lugar onde se mais tem competitividade no futebol e isso me motiva a voltar. Estou sempre me atualizando e agora estou prestes a encerrar a Licença A da CBF para que eu possa estar 100% preparado para retornar um dia”, contou.


No Paraguai, Diego já trabalhou em diversos clubes como Olímpia de Itá, Deportivo Capiatá, Sportivo Trinidense e Sol de América. Inclusive comandando um desses clubes nas fases preliminares da Libertadores da América.


Foto: Arquivo Pessoal