Bicampeão da Copa FGF, goleiro destaca o retorno das competições no interior

Todo o grande time começa por um bom goleiro. Mas não basta ser bom, tem que ter experiência e medalha no peito. Requisitos que Fabiano Heves cumpre muito bem. O jogador foi recentemente campeão da Copa FGF com o Santa Cruz em 2020. O atleta brilhou nas decisões por pênaltis na semifinal contra o Inter SM e na grande final contra o São José. Aliás, o goleiro é bicampeão da Copinha. Ele havia levantado a taça com Avenida em 2018 de forma invicta.


Mas a história de sucesso do camisa um começou no estádio Beira-Rio com um grande professor. Ele dividiu as metas com Clemer, multicampeão pelo Internacional. A passagem pelo colorado foi entre 1997 e 2004. Heves ainda vestiu a amarelinha pela seleção brasileira Sub-17 e Sub-20.


O jogador rodou o Brasil. No sul do país atuou no Paraná jogando as Séries A e B do Brasileirão. Além de entrar em campo por equipes de São Paulo, também foi campeão regional pelo Cuiabá. Contudo, o jogador nunca tinha passado por um momento tão difícil como o imposto pela pandemia da covid-19. Agora, ele comemora o retorno das competições no Rio Grande do Sul, já que em 2020 a Divisão de Acesso e a Terceirona foram canceladas.


"É muito importante esse retorno. Muitos atletas até encerram a carreira. Tive a oportunidade de ser campeão em 2020, mas muitos companheiros não tiveram a mesma sorte. Vejo com bons olhos e torcer para que as coisas possam melhorar daqui a frente com a Terceirona e o Acesso. Torcer para as equipes gaúchas também no Brasileirão das Séries B, C e D. Agora é voltar aos gramados o mais rápido possível e fazer aquilo que a gente mais gosta", comentou Heves.  


Mas a experiência vai além das fronteiras brasileiras. Heves jogou por cinco clubes no Paraguai. Ele revela que a sua intenção é ficar novamente no Rio Grande do Sul.


"A minha intenção é ficar pelo sul. Sou de São Borja e estou vendo as oportunidades do mercado. A expectativa é voltar a atuar também depois da minha passagem pelo Santa Cruz", declarou o atleta. 


Foto: Vinicius Schubert/Santa Cruz/Divulgação