Brasil-Pel não desiste de ter gramado sintético no Bento Freitas

Antes mesmo de concorrer a eleição no Brasil de Pelotas, o presidente Evânio Tavares revelou uma novidade que o clube poderia ter em 2023, um gramado sintético, no Estádio Bento Freitas.


Em entrevista ao Jornal Diário Popular, Tavares disse que segue conversando com a empresa Soccer Grass para a instalação do gramado, padrão Arena do Plameiras. Contudo, para o Gauchão é praticamente inviável, pois demoraria 45 dias para a colocação da nova estrutura.


"O torcedor pode ficar tranquilo que o Brasil vai ter sim a grama sintética. Se não for no primeiro (semestre), no segundo semestre", declarou o mandatário ao jornal.


O principal entrave são as garantias financeiras para tirar o projeto do papel. O valor estimado é na casa dos 4 milhões de reais. O clube deve contar com investidores e parceiros para a implantação.


Foto: Divulgação/Brasil