Cajá é apresentado no Jaconi

O Departamento de Futebol do Juventude apresentou mais um reforço para a disputa da Série C. Renato Cajá, 34 anos, retorna ao Jaconi para reforçar ainda mais o setor de meio campo da equipe comandada pelo técnico Marquinhos Santos. O meia foi apresentado na sala de imprensa Dante Andreis, no Jaconi.


Revelado nas categorias de base do Mogi Mirim, Renato Cajá defendeu as cores do Verdão em 2007, na Série A do Campeonato Brasileiro. Além do Juventude, o meia tem passagens por outros clubes de expressão do futebol brasileiro, como Grêmio, Botafogo, Vitória e Bahia. Renato carrega também boa experiência internacional, com passagens por clubes como Guangzhou Evergrande, da China e Kashima Antlers, do Japão. No ano passado, Renato disputou a Série B do Brasileirão, atuando pelo Goiás. 


Renato Cajá falou sobre a motivação de voltar ao Juventude e sobre a força do grupo. “É um time que está liderando o campeonato, que vai brigar pelo acesso e que tem um projeto de crescimento. É importante estar em um clube que busca sempre vencer. O grupo é muito bom, eu fui muito bem recebido, todo mundo está focado nas vitórias”.


O meia falou também sobre os objetivos dessa nova passagem. “É importante estar de volta ao Jaconi, muito bom vestir essa camisa de novo. Quero buscar o acesso e o título para fazer história e criar raízes no Juventude”.   


Renato Cajá ainda busca a melhor forma física e em breve estará à disposição do técnico Marquinhos Santos e da comissão técnica.


Nome completo: Renato Adriano Jacó Morais

Posição: meia

Cidade natal: Cajazeiras (PB)

Altura: 1,73m

Peso: 70kg

Data de Nascimento: 15/09/1984

Carreira: 2004 – Mogi Mirim; 2005 – Barretos; 2006 e 2007 – Ferroviária; 2007 – Juventude; 2008 e 2009 – Ponte Preta; 2009 – Al Ittihad FC (KSA); 2009 – Grêmio; 2010 e 2011 – Botafogo; 2011 - Guangzhou Evergrande (CHI); 2011 e 2012 – Ponte Preta; 2012 – Kashima Antlers (JAP); 2013 – Vitória; 2014 – Bursaspor (TUR); 2014 e 2015 – Ponte Preta; 2016 – Al Sharjah (UAE); 2016 e 2017 – Bahia; 2017 – Ponte Preta e 2018 – Goiás.


Foto: Arthur Dallegrave/E.C.Juventude