Campanha para terminar com preconceito em estádios é lançada

Para coibir o preconceito nos estádios de futebol do Estado, a Polícia Civil gaúcha lançou, na tarde desta terça-feira (14), em parceria com a Federação Gaúcha de Futebol, o Ministério Público do Estado e a Ordem dos Advogados do Brasil/RS, a Campanha Contra o Preconceito nos Estádios – Juntos Contra o Preconceito. O lançamento ocorreu no auditório da federação.


“Negar, impedir, interromper, restringir, constranger ou dificultar por motivo de preconceito de raça, cor, etnia, religião ou origem é crime, não existindo mais espaço para isso nos dias de hoje”, pontua a Chefe de Polícia, Nadine Tagliari Farias Anflor. 


Já o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman, lembrou que o Rio Grande do Sul é o Estado campeão em número de casos de discriminação em estádios no Brasil. “Esse é um título do qual os gaúchos não podem se orgulhar. Precisamos, com urgência, mudar essa realidade”, afirmou Hocsman.

A campanha também faz força para explicar que quando um frequentador de estádios de futebol se cala diante de um fato criminoso e não o denuncia, ele colabora, mesmo que não intencionalmente, para que esse tipo de delito continue a acontecer.


Foto: Divulgação/Gov/RS

Texto: Assessoria Gov RS