Clube que não participar de reunião do Acesso será considerado desistente

A Federação Gaúcha de Futebol publicou o edital de convocação dos clubes para a reunião desta segunda-feira, às 15h, por videoconferência. O encontro virtual será com o presidente Luciano Hocsman. A reunião é deliberativa e vai tratar sobre a continuidade da Série A2 e o formato da competição. Por isso, o encontro precisa de todos os participantes do campeonato. O grande debate deverá ser quanto a retirada do rebaixamento na edição deste ano


Segundo site da FGF, os clubes são obrigados a ter um representante legal. O presidente que não comparecer deve escalar, via procuração, um representante. Ainda conforme o edital, o clube sem representante será considerado desistente da Divisão de Acesso e terá a situação levada ao TJD, podendo ser rebaixado.


"Prezados presidentes,


A Federação Gaúcha de Futebol, por intermédio de seu presidente Luciano Hocsman, no uso de suas atribuições, CONVOCA os clubes participantes do Campeonato Gaúcho da Divisão de Acesso - Edição 2020 para reunião por meio de videoconferência com o propósito de debater e definir o restante da competição.


O encontro ocorrerá na próxima segunda (08), às 15h, por meio do aplicativo Zoom, e a presença de todos os clubes é obrigatória.


O clube deve indicar UM participante (preferencialmente o presidente) para a participação enviando o número de celular para o recebimento do link de acesso à reunião.


No caso da impossibilidade de participação do presidente do clube, outra pessoa poderá participar, sendo indispensável o envio de procuração com poderes para tanto até 14h do dia 08/06 através do e-mail: profissional@fgf.com.br


O clube que não participar será considerado desistente e sua situação será levada ao TJD-RS para apreciação e julgamento"