top of page

Clubes gaúchos e FGF se reúnem com ministros para debater soluções para o futebol gaúcho


O presidente Alessandro Barcellos recepcionou, nesta sexta-feira (17), os ministros Paulo Pimenta, da Secretaria Extraordinária da Presidência da República para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, e Waldez Góes, do Desenvolvimento Regional do Brasil para uma rápida visita as áreas afetadas pelos alagamentos no Beira-Rio, e uma reunião aonde foi discutida a situação do futebol gaúcho em meio à crise causada pelas enchentes no Estado.


Também participaram do encontro Luciano Hocsman, presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Milton Machado, representante do São José, e Fábio Floriani, vice-presidente do Grêmio.


Além deles, os presidentes Fabio Pizzamiglio, do Juventude, Mário Werlang, do Caxias, Adilson Stankiewicz, do Ypiranga, Luis Fernando, representando o Brasil de Pelotas, Jerônimo Freitas, do Novo Hamburgo, e Jair Eich, do Avenida foram conectados à reunião por vídeo conferência.


Os representantes dos clubes gaúchos compartilharam suas preocupações e formularam algumas ideias, que serão compiladas em um documento e entregues aos ministros Paulo Pimenta e Waldez Góes.


Paulo Pimenta comentou sobre algumas medidas que podem amenizar o impacto da paralisação do futebol gaúcho e planos para viabilizar o retorno dos jogos, como a alfândegação da base aérea de Canoas para jogos da CONMEBOL, além de auxílio logístico para os aeroportos.


Os ministros também se propuseram a tentar a inclusão dos clubes no plano fiscal que será oferecido para as empresas em situação de dificuldade após as enchentes, e também aproximar os clubes de BNDES (BancoNacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e Caixa Econômica Federal, para ao auxílio financeiro.


Os ministros afirmaram que a reconstrução do Estado terá o apoio federal, e que o futebol terá um assento nas mesas de debate.


Foto: Daniel Marenco / Internacional

Comments


bottom of page