Com gol de bicicleta fora da área, Juventude vence de virada a Ponte

Que vitória do Juventude! Foi na raça, na entrega e na qualidade técnica e tática que o Verdão venceu a Ponte Preta de virada, por 2x1, no Jaconi, e conquistou três pontos fundamentais na competição. Rogério, com um golaço de bicicleta e Grampola, de cabeça, garantiram a vitória Alviverde. Com os resultado, a equipe comandada pelo técnico Pintado chega aos 52 pontos e assume a terceira colocação.


O jogo


Se você quer ler sobre as emoções da partida, pule algumas casas, pois o primeiro tempo foi morno e de poucas oportunidades. As equipes se movimentaram bastante, trocaram muitos passes, mas pouco criaram. A Ponte Preta até tentou dominar a partida em alguns momentos, mas parou na forte marcação Alviverde, que anulou todas as chegadas. O Ju levou perigo nos minutos finais. Aos 41, Rogério recebeu em profundidade e, mesmo sem ângulo, acertou o gol, obrigando o goleiro Ygor a fazer difícil defesa em cima da linha. Aos 48, boa movimentação no campo ofensivo, Eltinho cruzou e Capixaba tentou de letra. A bola saiu pela linha de fundo.


No segundo tempo, as coisas ficaram diferentes. Aos dois, Neto cobrou falta para a área e Rogério subiu de cabeça. A bola saiu com perigo pela linha de fundo. Aos quatro, após troca de passes, Wellington recebeu na intermediária e arriscou. A bola passou perto. Mesmo melhor, o Verdão sofreu o gol aos cinco. Barreto aproveitou sobra na pequena área e abriu o marcador. 1x0.


Sem sentir o gol, a resposta Alviverde foi imediata, em menos de um minuto, e com um gol de placa. Aos seis, Rogério recebeu cruzamento na risca da área, dominou no peito e virou uma bicicleta. A bola ganhou velocidade, precisão e entrou no cantinho. Uma pintura, um golaço para jamais ser esquecido no Jaconi, sem chances para o goleiro. 1 x 1. Querendo a vitória para seguir brigando pelo G4, o Juventude seguiu melhor e em busca da virada. Aos 17, Capixaba recebeu na direita, puxou para o meio e bateu. Ygor caiu para ficar com ela.


Mais intenso e melhor em campo, o Verdão foi para cima e chegou à virada aos 31 minutos. Eltinho fez grande jogada e serviu Matheuzinho. O atacante cruzou na medida para Grampola, de cabeça, decretar a vitória Alviverde no Alfredo Jaconi. 2 x 1. Com a vantagem na mão, o Juventude soube controlar o jogo sem sofrer grandes riscos e, pela segunda vez na competição, superou a Ponte Preta.


Os dois próximos compromissos Alviverdes são longe de casa. No dia 05 de janeiro, o Juventude enfrenta o Cuiabá, às 21h30, na Arena Pantanal. E no dia 12 de janeiro, o Verdão vai até Pelotas enfrentar o Brasil.


Foto: Arthur Dallegrave/E.C.Juventude