Com passagens pelo futebol Gaúcho, treinador Luis Antônio Zaluar releva desejo de retonar ao Brasil

O experiente treinador Luis Antônio Zaluar, de 58 anos, estava no Al-Okhdoud Club, aonde foi campeão com o clube e garantiu acesso de divisão no país. O último trabalho do profissional no futebol do Rio Grande do Sul foi no comando do Cruzeiro-RS, mas também já comandou o Caxias. Zaluar falou sobre a experiência no futebol estrangeiro.

- Toda essa experiência que a gente adquire de trabalhar fora do Brasil, principalmente no mundo árabe, que já são nove clubes que eu dirigi, totalizando quase quatorze anos da minha vida, é importante pra gente visualizar também o futebol internacional. O mundo árabe proporciona para gente enfrentar treinadores do mundo inteiro. Estão lá também os portugueses, italianos, espanhóis, tunisianos, egípcios, enfim, treinadores realmente de outras escolas. Isso aí faz com que a gente aprenda a lidar com situações que a gente não vive muito no Brasil. Com isso a gente procura trazer essa experiência. Sempre procurei alternar essas idas para o mundo árabe e trabalhando um pouco aqui no Brasil também, já que eu tive a oportunidade de trabalhar em diferentes estados do Brasil. Então acho que é uma hora boa para retornar ao futebol brasileiro, principalmente agora nesse início de ano, apesar de ter algumas propostas para retornar pro mundo árabe - disse

Após quase três anos trabalhando fora do Brasil, o técnico enxerga que é momento de voltar ao país com uma nova visão, fruto da experiência no futebol internacional.

- Tenho realmente muito desejo de voltar a trabalhar no Brasil. Já são quase quatro temporadas que eu não trabalho no Brasil. Acho que é um momento muito bom de voltar a trabalhar aqui, já que há uma renovação dos treinadores e principalmente agora no início do ano que com os estaduais, o número de clubes em atividade aumenta muito. Isso abre mais oportunidades. Também tem um desejo particular meu de trabalhar aqui, tem a questão familiar também, que pesa bastante, foram perdas significativas aí pra todos nós nos últimos anos por causa da pandemia, então acho que é hora de retornar. Representamos muito bem o futebol brasileiro lá tendo conquistado um título - finalizou


Foto: Divulgação