Covid-19: Testes para Divisão de Acesso custariam mais de R$ 400 mil

Diversos questionamentos são feitos quanto a possibilidade de retorno da Divisão de Acesso 2020. A competição ainda tem mais de 90% para ser concluída, diferente do Gauchão. Na Série A faltam três rodadas e mais as fases finais.


Pegando em média 40 exames por clubes, o custo ficaria muito elevado. Quem pagaria essa conta é o "X" da questão. Os clubes já estão financeiramente fragilizados com a pandemia.


Além dos jogadores, teriam de realizar os testes, a cada 15 dias, membros da comissão técnica e outros profissionais ligados a rotina dos atletas. Esse procedimento teria de ser repetido ao longo dos três meses da competição. Assim, passaria de 3.800 testes ao custo total superior a R$ 400 mil.


O valor foi mencionado pelo próprio presidente da FGF, Luciano Hocsman, durante debate no domingo com jornalista do interior sobre a Série A2, em live realizada pelo Peleia FC.


Por enquanto, a competição segue suspensa com projeção de retorno em setembro. Os clubes devem se reunir nas próximas semanas, junto com a FGF, para definir o rumo do campeonato.



Foto: Luís André / Secom