Definidas as datas e horários dos confrontos da Copa do Brasil

A tabela detalhada das oitavas de final da Copa do Brasil 2020 foi divulgada. Nesta quarta-feira (07), a Diretoria de Competições da CBF publicou todas as informações sobre as partidas decisivas da competição nacional. A fase terá como datas os dias 14, 27, 28 e 29/10 para os jogos de ida, enquanto a volta foi marcada para 25/10, 3, 4 e 5/11. Vale lembrar que Fortaleza, São Paulo, Botafogo, Cuiabá, Santos, Ceará, Atlético-GO, Internacional, Athletico-PR, Flamengo, Corinthians, América-MG, Red Bull Bragantino, Palmeiras, Grêmio e Juventude são as equipes que ainda estão na disputa.


O primeiro jogo da fase será no dia 14/10, quarta-feira, quando o Fortaleza recebe o São Paulo, às 19h15, no Castelão, em Fortaleza (CE). A volta está agendada para 25/10, domingo, às 20h30, no estádio do Morumbi, em São Paulo (SP). Depois, o Botafogo entra em campo diante do Cuiabá na partida de ida na terça-feira (27), às 21h30, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). A Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), recebe a volta no dia 03/11, terça-feira, às 19h.


No dia 28/10, quarta, a rodada será cheia. Às 16h, Santos x Ceará jogam na Vila Belmiro, em Santos (SP). Em seguida, a bola rola no estádio Olímpico, em Goiânia (GO), às 19h, para Atlético-GO x Internacional. Dois duelos terminam o dia às 21h30, com Athletico-PR x Flamengo na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e Corinthians x América-MG na Neo Química Arena, em São Paulo (SP).


Para o Vozão e os santistas, a volta será na terça-feira, 03/11, às 21h30 na Arena Castelão, em Fortaleza. Os outros três embates se repetem na quarta, 4, com Internacional x Atlético-GO no Beira Rio, em Porto Alegre (RS), às 19h, e os outros dois às 21h30.


Por fim, na quinta-feira (29/10), Red Bull Bragantino x Palmeiras jogam no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), às 19h, enquanto Grêmio x Juventude vão à Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), às 21h30. Os horários se repetem para a volta, que será no dia 05/11, também quinta, para os quatro clubes.


Foto: Lucas Figueiredo/CBF