Editorial: Protocolo da FGF para retomada de público nos estádios serve de exemplo ao país

Tiago Nunes

Jornalista e editor do peleiafc.com


Na última sexta-feira, o site peleiafc.com trouxe com exclusividade detalhes do protocolo criado pela Federação Gaúcha de Futebol para a retomada gradativa de público nos estádios do Rio Grande do Sul. O documento já foi apresentado ao governo do estado e aguarda análise para sua aprovação. O presidente Luciano Hocsman se colocou a disposição do governo para uma reunião para sanar qualquer dúvida.


O próprio governo já admite a possibilidade de reabertura do setor de eventos. O avanço da vacinação e queda na taxa de ocupação de leitos de UTI's nos hospitais são os motivos. Segundo o governador Eduardo Leite, dentro de um mês, o estado vai aplicar a 1ª dose em toda a população gaúcha.


A perspectiva é que a Divisão de Acesso e a Copa FGF já tenham a presença de público. O documento limita a 25% de público em cada setor do estádio e, o principal, apenas torcedores vacinados com a segunda dose ou testados poderão entrar nos estádios. Nenhum outro setor da economia gaúcha exige vacinação completa para usufruir de algum serviço. Além disso, distanciamento, uso de máscara, somente torcida mandante e evacuação ordenada são outros pontos do protocolo. Detalhe, a partir da segunda quinzena do mês de setembro apenas vacinados com duas doses (ou dose única) poderão assistir aos jogos de forma presencial.


A Federação também orienta no protocolo, que os clubes priorizem a entrada de sócios e venda de ingressos de forma online, evitando circulação e filas. Nas copas, para diminuir o contato com o dinheiro, pagamentos via Pix e cartão são as alternativas.


A Federação Gaúcha de Futebol elaborou este documento após ouvir clubes e a comissão de saúde da própria entidade. O protocolo é um exemplo a ser seguido por outras federações e até à CBF, pois a volta de público aos estádios é questão de tempo e um tempo bem curto.