Em busca da vaga para marcar os 100 jogos de Jaques

Em seu centésimo jogo a frente do São José, o técnico Rafael Jaques tem apenas um desejo:

"A classificação, e com vitória. A marca dos 100 jogos é legal para a carreira de cada um, a história profissional, mas o clube está acima disso. E o mais importante para o clube é avançar na Copa Seu Verardi e seguir no caminho para a Copa do Brasil. Então, tudo o que eu quero neste jogo especial é a vitória e a vaga".


O São José vai encarar o Novo Hamburgo, às 16h desta quarta, no Passo d'Areia, podendo até empatar para chegar às quartas de final. A vantagem foi construída com vitória no último domingo, jogando no Estádio do Vale. Agora, para chegar entre os oito melhores da competição, dentro de campo, pouco importa a tal vantagem.


"O mais importante é fazer o que estamos fazendo, jogando sempre para cima do adversário e propondo o nosso jogo", diz o volante Machado.


Peça importante no primeiro jogo dessas oitavas, com assistência para o gol de Luiz Eduardo, Machado sabe a receita para que o presente dos 100 jogos do treinador se realize.


"Temos que entrar muito concentrados, porque sabemos da qualidade do adversário. É importante fazermos um grande jogo para não sentirmos falta das chances perdidas no primeiro jogo. Estamos prontos para isso", aponta.


Imagem: Reprodução Canal FGF/Youtube