top of page

Em jogo marcado por caso de racismo, Ypiranga perde, mas segue no G8 da Série C

O Ypiranga atravessou o país para enfrentar o Altos, do Piauí, na Série C. A partida foi no último sábado. O time gaúcho perdeu pelo placar de 3 a 2, mas segue no G8 da competição, na quarta posição com sete pontos.


A partida foi marcada por um caso de racismo contra o goleiro Caíque. O jogador do Ypiranga foi alvo de ofensas por parte de um torcedor do time mandante. Na súmula, o árbitro Arthur Gomes relatou:


"Um torcedor que encontrava-se na arquibancada atrás do gol havia o chamado de "uva preta". Informei ao quarto arbitro da partida, Fabio Gomes para relatar ao delegado da partida que acionou o major Wilton José que identificasse o infrator. O torcedor foi identificado e retirado do estádio, sendo levado para delegacia", descreveu.


O Ypiranga divulgou uma nota sobre o caso:


"O Ypiranga Futebol Clube vem a público externar seu apoio ao Atleta Caíque L. S. da Purificação que foi vítima de ato de racismo por parte de um torcedor da equipe do Altos. O clube Ypiranga repudia veementemente este comportamento que não se alinha aos valores esportivos e humanos da nossa sociedade.

Por um mundo mais fraterno, igualitário e sem discriminação".


Foto: @enocjunior | YFC

Comments


bottom of page