Em meio à crise, três jogadores deixam o Bento Freitas

Lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro há três rodadas, o Brasil de Pelotas se encontra em uma grande crise. Com problemas financeiros e muita turbulência desde a saída do técnico Cláudio Tencatti, o clima segue pesado no estádio Bento Freitas.


Nesta semana, o vice de futebol pediu afastamento. Cláudio Montanelli se afastou por questões de saúde, segundo comunicado do clube. Nas últimas semanas três jogadores deixaram o Brasil.


O atacante Jarro assinou rescisão com Xavante e se transferiu para o Sampaio Corrêa. Outro que deixa o clube no setor ofensivo é o jovem Fabrício. Ele está indo para o Celta de Vigo, da Espanha. Atleta vai para o time B da equipe do exterior. O Xavante tem 50% dos direitos econômicos, compartilhando com o Grêmio. A equipe pelotense só vai lucrar no negócio se os espanhóis decidirem comprá-lo em definitivo. Ele está indo por empréstimo do tricolor.


Por fim, o volante Denílson é outro atleta de saída do Bento Freitas. Anunciado como a grande contratação do ano, o jogador com passagem pelo Arsenal saiu disparando contra a direção. Em entrevista a Rádio RU, Denílson classificou a fase do clube como uma "bagunça tremenda".


Foto: Divulgação/Facebook