Exame não aponta necessidade de cirurgia em árbitro agredido

O árbitro Rodrigo Crivellaro segue se recuperando da agressão sofrida na partida entre Guarani-VA e São Paulo-RG pela Divisão de Acesso. O profissional precisará ficar por três meses com um colete cervical.


Nesta semana, Crivellaro realizou mais um exame de raio-x. O resultado não apontou a necessidade de cirurgia na vértebra C6 da coluna, conforme o próprio árbitro.


"Então, segue tudo normal, a principio não precisará de cirurgia, graças a Deus. Sigo com esse colar cervical, 24h por dia. Semana que vem farei outro exame de raio-x", declarou o árbitro nas redes sociais.


Foto: William Oliveira/Guarani/Divulgação