Funcionários do União já receberam primeira parcela da MP 936


Com organização e planejamento, o União Frederiquense não perdeu tempo e conseguiu colocar os seus funcionários na Medida Provisória do governo federal de suspensão de contratos. A MP 936 foi lançada pelo poder público como forma de evitar demissões com a pandemia do novo coronavírus.


Em entrevista à Rádio Imembuí, na quinta-feira, o presidente Edson Cantarelli contou que o clube inscreveu 33 pessoas na medida, entre jogadores, membros da comissão técnica e funcionários. Eles já tiveram a primeira parcela liberada de um total de duas.


"Estamos trabalhando em etapas. Na primeira etapa que a gente considerava fundamental era conseguir fazer os enquadramentos de 33 pessoas, pais de família, na MP 936 e todos já receberam a primeira parcela do auxilio. Valores que variavam entre R$ 1.200 e R$ 1.800 que é um auxilio para eles se manterem neste período. A segunda parcela será recebida no dia 12 de junho. É algo que nos traz um alivio neste momento que está todo mundo sofrendo", explicou à repórter Angélica Varaschini.


Agora, segundo o dirigente, existe uma perspectiva que o governo federal prorrogue a MP. É possível que haja um prolongamento de mais um mês.


Foto: Divulgação/Facebook/União