Fundador do 1992 projeta construção de estádio em Carazinho

O site peleiafc.com já trouxe a ideia do 1992, time de Carazinho, de jogar a Terceirona Gaúcha de 2021. Inclusive, o projeto era para esse ano, mas a pandemia atrapalhou os planos. O time já estava montado, junto com a comissão técnica.


Entretanto, para jogar a competição, o clube precisa se filiar a Federação Gaúcha de Futebol e ter um estádio. Conforme Adriano Strack, fundador do 92, foi tratado junto à prefeitura de Carazinho o estádio municipal, mas não foi cedido ao clube.

"Essa é uma situação bem delicada, temos um debate com a prefeitura para conseguir um local, mas infelizmente não foi cedido para nós. Para nós fazer um estádio hoje é um valor muito alto. Mas eu já estou estudando outros locais", declarou.


O 92 já tem o projeto todo pronto para a construção de um estádio sustentável. O clube trabalha neste momento na compra de um terreno para erguer a sua casa. Esse é um projeto de valor alto e, por isso, o estudo em cima da área é cuidadoso.


"Tenho um projeto para 6 mil lugares, só estou em um detalhe para o terreno que não estamos conseguindo fechar. Vamos com calma para ver o que vai acontecer. A minha irmã é a arquiteta do 92. O projeto do estádio está pronto. O Trabalho Final de Conclusão de Curso dela foi o projeto do estádio, uma Arena sustentável. Não estou sozinho nesse sonho", contou Strack ao jornalista Tiago Nunes, no Peleia FC Entrevista.