Futebol gaúcho ganhará mais um clube profissional, o Arecuja de Alvorada

O Arecuja Alvorada FC está pronto para se tornar o mais novo clube profissional do Rio Grande do Sul. Vale lembrar que o famoso projeto social da cidade de Alvorada sempre teve grande ligação com o futebol amador, e tem em sua escolinha uma verdadeira fábrica de craques.


O clube já ajudou a revelar jogadores que hoje brilham no Brasil e na Europa. Nomes como, o goleiro, Renan Dida, do Azuriz, do Paraná, que está se transferindo para Portugal, o meio-campo, Tetê, que brilha no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, ambos com passagem pelo Grêmio, e o atacante Garrati, do Hercílio Luz, são apenas alguns exemplos, daqueles que deram os primeiros passos no campo do bairro Algarve.


O projeto que vem sendo capitaneado pelo presidente Cesar Xavier, visa ter o Arecuja disputando as divisões de acesso do Campeonato Gaúcho já a partir de 2022. Mas, para que essa ideia se torne realidade, o clube vem dando um passo de cada vez, nesse momento a filiação na Federação Gaúcha de Futebol é objetivo a ser conquistado. Para isso, o clube conta com o apoio da prefeitura da cidade.


“O apoio do secretário de esporte, Jefferson Teixeira Santos, e do Prefeito , José Arno Appolo do Amaral é fator relevante para o sucesso do projeto. Internamente, todo esse trabalho no clube só tem sido possível graças a chegada do Marcelo Silveira e da BF Sports, do Beto Fagundes. A ideia de profissionalizar surgiu pelo motivo de, ao longo de 20 anos, vermos passar pela nossa base vários talentos. Isso nos fez repensar nossa metodologia de trabalho”, disse Cesar Xavier, presidente do Arecuja.


O pensamento da diretoria é utilizar o ano de 2021 para buscar parceiros e estruturar o clube. Dessa forma, já é possível afirmar que, o Arecuja está no mercado em busca de profissionais experientes que possam ajudar na estruturação do projeto. Gaúcho, o diretor executivo e CEO, Marcelo Silveira, que atualmente ocupa a gerência de futebol no Bagé FC, e que acumula passagens vitoriosas pelo futebol do Rio de Janeiro, foi o primeiro nome confirmado, e será, ao lado do presidente, o responsável pela montagem de todos os departamentos do clube.


"Temos que priorizar a organização e a estrutura. Independente da divisão, sempre busco a estrutura de Série A, e assim será aqui no Arecuja. Só a estrutura faz o profissional acreditar no projeto. Dentro das nossas limitações financeiras, iremos priorizar a modernidade. Vamos unificar todos os setores dentro clube para que possamos conquistar os nossos objetivos”, disse Marcelo Silveira.


Com cerca de 210 mil habitantes a cidade de Alvorada que é vizinha da capital, Porto Alegre, não conta com um clube profissional. Com a população apaixonada por futebol, o Arecuja sonha em se tornar o time do coração do morador de Alvorada. Vale lembrar que o Internacional mantém na cidade, o seu Centro de Treinamento das categorias de base, a Morada dos Quero-Queros, onde inclusive manda alguns dos seus compromissos.


Foto: Divulgação