Gauchão: Apenas três clubes não estão em cidades com bandeira preta

O Gabinete de Crise decidiu negou, nesta segunda-feira (22/2), os pedidos regionais de reconsideração ao mapa preliminar da 42ª rodada do Distanciamento Controlado. Com isso, o mapa definitivo permanece com 11 regiões em bandeira preta, que somam 68,4% da população gaúcha em situação de risco altíssimo para esgotamento da estrutura hospitalar e velocidade de propagação de coronavírus. É o maior número de regiões no pior nível do sistema de enfrentamento à pandemia no Estado até agora. As outras 10 regiões Covid ficaram em bandeira vermelha, o que representa risco alto. A vigência da classificação começa à 0h desta terça (23/2) e vai até as 23h59 do dia 1º de março.


CAMPEONATO GAÚCHO


No próximo sábado começa o Campeonato Gaúcho 2021. No total, serão realizados quatro jogos no dia 27 e um na segunda-feira na primeira rodada. Dos 12 clubes, apenas três estão em cidades com bandeira vermelha: São Luiz, Pelotas e Brasil de Pelotas. Na bandeira vermelha, as equipes podem trabalhar com poucas limitações. Já na bandeira preta, as atividades devem ser suspensas e não é possível a realização de jogos ou campeonatos. Contudo, há uma situação, as cidades em bandeira preta podem adotar critérios de bandeira vermelha devido à cogestão.


Todas as cidades com representantes no Gauchão 2021 estão em cogestão. Assim, os municípios podem adotar protocolos menos rígidos. Contudo, vai depender de cada associação ou município a definição de seus protocolos na cogestão. Assim, pode ocorrer uma facilitação para a realização de jogos. Das 21 regiões Covid, 19 aderiram ao sistema compartilhado. As duas únicas regiões que não fazem parte da cogestão são Guaíba e Santa Maria, que não tem clubes na Série A.


A Federação Gaúcha de Futebol ainda não se manifestou sobre a bandeira preta e, por enquanto, os jogos da primeira rodada estão mantidos.

BANDEIRAS POR REGIÕES


BANDEIRA PRETA (11)

Canoas (em cogestão)

Capão da Canoa (em cogestão)

Caxias do Sul (em cogestão) - Caxias, Juventude e Esportivo

Erechim (em cogestão) - Ypiranga

Lajeado (em cogestão)

Novo Hamburgo (em cogestão) - Novo Hamburgo

Palmeira das Missões (em cogestão)

Passo Fundo (em cogestão)

Porto Alegre (em cogestão) - Grêmio, Inter, São José e Aimoré

Santa Cruz do Sul (em cogestão)

Taquara (em cogestão)


BANDEIRA VERMELHA (10)

Bagé (em cogestão)

Cachoeira do Sul (em cogestão)

Cruz Alta (em cogestão)

Guaíba

Ijuí (em cogestão) - São Luiz

Pelotas (em cogestão) - Brasil e Pelotas

Santa Rosa (em cogestão)

Santa Maria

Santo Ângelo (em cogestão)

Uruguaiana (em cogestão)