Gilmar não fica no Centenário e presidente comenta sobre as negociações


Com uma limitação financeira, o Caxias busca reposições pontuais para algumas saídas após o Campeonato Gaúcho 2020. O primeiro a deixar o estádio Centenário foi o zagueiro Jean. O profissional estava há nove temporadas no time da serra gaúcha.


Durante entrevista ao site peleiafc.com, o presidente do Caxias falou sobre as negociações para a manutenção do elenco vice-campeão Gaúcho 2020. A grande atuação no estadual, principalmente nas partidas contra o Grêmio, chamou atenção de outros clubes.


Paulo Cesar Santos comentou que o atacante Gilmar não seguirá no Centenário. Ele vai realizar um trabalho de recuperação da sua lesão no interior de São Paulo junto à sua família.


"O Gilmar teve uma fratura que talvez dependa de uma cirurgia ou tratamento mais longo. Ele entendeu que como não estaria completo para a Série D, nos chamou e se colocou a disposição de estar até o dia 31 de agosto, pois queria muito estar com o grupo. Agora, ele voltou para sua família no interior de São Paulo para fazer o melhor tratamento. Ele gosta, ama o Caxias, mas não se sentiria bem em permanecer no Caxias para um tratamento longo. É um profissional excelente e um profissional fantástico que o Caxias tem um carinho especial", comenta o presidente.


Por outro lado, o Caxias contratou o zagueiro Erick. Ele estava no Veranópolis na Divisão de Acesso, campeonato que foi cancelado devido à pandemia. Ele se apresentou nesta sexta-feira no estádio Centenário.


Questionado sobre a permanência da dupla de zagueiros, o mandatário disse que é um dos setores mais procurados e quer manter Laércio e Tiago Sales. Aliás, Laércio fez gol na final e foi eleito o melhor jogador da decisão contra o Grêmio no vice-campeonato.


"A dupla de zaga é um dos setores que está muito procurado. A nossa dupla está muito bem. O Laércio foi o craque da final e foi um gigante. Ele chegou a um patamar muito grande. O Thiago Sales também. Estamos trabalhando e já abrimos a conversação com o Thiago. O Laércio tem mais dois meses. Se a gente não conseguir segurar os dois, vamos trazer peças a altura para tranquilizar o torcedor", disse o dirigente.


O presidente também fez questão de elogiar outros jogadores do elenco, como o goleiro Pitol pelo trabalho no estádio Centenário.


Confira a partir dos 16 minutos quanto o presidente fala sobre as negociações com os atletas e aos 35 minutos sobre a dupla de zaga:



Foto: Divulgação/Caxias/Facebook