Governador fala sobre a possibilidade de retorno do Gauchão em julho


A Federação Gaúcha de Futebol trabalha com a possibilidade de retomada do Campeonato Gaúcho 2020 a partir do mês de julho. Contudo, depende da liberação do governo do estado.


O sistema de Distanciamento Controlado dividiu o Rio Grande do Sul em regiões com bandeiras. Atualmente, as atividades coletivas estão liberadas apenas na bandeira amarela. Na cor laranja, os clubes podem realizar treinos físicos, mas com 25% da capacidade. Na bandeira vermelha as atividades esportivas estão proibidas, assim como preta.


Na terça-feira, o governador Eduardo Leite concedeu entrevista ao programa Balanço Geral, da TV Record RS. Leite admitiu a possibilidade de retorno dos jogos. Entretanto, somente nas regiões com bandeira amarela e sem torcida.


“Em um campeonato estadual, pressupõe que ele ocorra em todo estado, de forma equânime. A forma como vai ser feito o campeonato é da Federação Gaúcha de Futebol (FGF). Nós já dissemos que não há possibilidade de abertura de portões e presença de público. Se for para conclusão dos jogos, somente nas regiões de bandeira amarela, onde pode ter prática de esportes de contato como futebol, desde que obedeça aos protocolos, há esta possibilidade”, argumentou Eduardo Leite.


Sendo assim, hoje só poderia receber jogos a região de Pelotas, pois é a única com equipes no Gauchão na bandeira amarela. Serra gaúcha, norte, noroeste e metropolitana estão com a cor laranja.


Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini