Incoerência: Expointer terá público diário de 25 mil e Divisão de Acesso não pode ter torcida

Nesta terça-feira, o governo do Rio Grande do Sul confirmou a realização da Expointer 2021 no formato presencial e com público. O mega evento será no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, de 4 a 12 de setembro. O Piratini anunciou a liberação de um público diário de 25 mil pessoas. Os visitantes virão de todas as partes do estado, país e até do mundo.


"O público total que poderá circular pelo parque Assis Brasil por dia será de 25 mil pessoas, contando o limite de 15 mil visitantes e as 10 mil pessoas que compõem o público interno (trabalhadores em geral, expositores, copromotores, autoridades e imprensa). Com isso, o limite que o evento alcançará é de 135 mil visitas nos nove dias de evento – o que representa menos de um terço do público da edição de 2019", declarou o estado em nota.


Há duas semanas está na gaveta do governador pegando poeira um pedido de liberação de público dos jogos de futebol no Rio Grande do Sul. O protocolo da Federação Gaúcha de Futebol limita em 25% a presença de público nos estádios e somente torcedores testados ou vacinados (com segunda dose ou dose única) poderão comprar ingressos. Contudo, o estado ainda não se manifestou quanto ao pedido.


A Divisão de Acesso começou no último final de semana e os clubes penam com a falta de recursos para fazer futebol. Os 16 clubes também movem a economia empregando mais de 700 pessoas. Como os estádios têm capacidades pequenas, a liberação também seria bem reduzida.  


Enquanto o protocolo da FGF libera a entrada somente para vacinados ou testados, no mega evento do governo do estado "não será obrigatório estar vacinado contra a Covid-19 para entrar", diz a reportagem da assessoria do executivo.  


Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini