Inter SM articula com vereadores projeto para construção de CT

Clube que não investe em categoria de base, tende a sofrer no futebol. Querendo mudar esse cenário, o Internacional de Santa Maria vem apostando em jovens promessas da região central do estado. Apesar do curto espaço de tempo, o clube já colhe alguns frutos. Em 2018 foi campeão estadual Juvenil B, competição organizada pela Federação Gaúcha de Futebol. Três destaques do time estão em clubes importantes do país. O zagueiro Josias foi para Chapecoense; o meia Cadinho está emprestado ao Juventude e o centroavante Eduardo Tanque se transferiu para o Corinthians. Com a venda do atacante, o clube receberá 20% da negociação envolvendo a equipe Paulista e o Tubarão-SC, onde o atleta estava.


Para seguir essa trajetória e buscando revelar mais jóias para futebol, o Inter de Santa Maria teve uma reunião importante no estádio Presidente Vargas. A Frente Parlamentar Em Defesa do Esporte, da Câmara de Vereadores de Santa Maria, esteve reunida na manhã da última quinta-feira com a direção do clube e a Associação Parceiros do Clube do Coração, que comanda as categorias de base do Inter SM.


Na ocasião, foi lançada a ideia da construção de um Centro Esportivo na cidade. Este espaço contaria com um CT para o futebol. Esteve prsente na reunião, o Superintendente de Esportes da prefeitura de Santa Maria, Givago Ribeiro, ex-atleta e medalhista Pan-Americano (2011) com a canoagem brasileira. De acordo com o presidente da frente, o vereador Vanderlei Araújo esse é o primeiro passo de um projeto futuro.


PRÓXIMA ETAPA


Esse centro serviria para treinos da base do Inter SM e também do time profissional. Conforme o vereador, o próximo passo será saber se a área pode receber esse tipo de projeto. A comissão fará uma consulta jurídica a procuradoria do município. Após, será marcado um encontro com o prefeito da cidade, Jorge Pozzobom (PSDB). Caso o chefe do executivo seja parceiro da ideia, a terceira etapa será a elaboração técnica de um projeto e, por fim, a captação de recursos. A verba viria de emendas parlamentares, leis de incentivo ao esporte e outros meios.


ESTRUTURA


Segundo o presidente da associação criada para comandar a base do Inter SM, Luís Cláudio Melo, o local contaria com 7 campos de futebol (um com arquibancada para jogos), alojamento, vestiários, pista atlética e outros equipamentos esportivos. Em contrapartida a um convênio com município, haveria ainda atividades gratuitas para crianças da cidade.


LOCAL


O local estudado para a construção deste CT é o Parque do Jockey Club. Atualmente, a área é de responsabilidade do município, mas está sem uso. O espaço tem 24 hectares e está abandonado. Inclusive, a comunidade reclama muito da falta de segurança e manutenção do local, fato que poderia ser resolvido com o projeto saindo do papel. Além do Inter SM, outras entidades esportivas teriam a oportunidade de usar esse Centro de Treinamento e até a própria prefeitura, que organiza os Jogos Escolares de Santa Maria (JESMA), forte evento do calendário municipal.


Imagem: Reprodução/Google