Janeiro será quente para as categorias de base do São José

Janeiro... Praia, verão, água gelada... Esquece. Para a gurizada do São José não tem nada de folga nos primeiros dias de 2020. O que vem aí é um janeiro muito quente e de fortes emoções. E o período no Passo d'Areia já é de preparação total dos grupos Sub-20 e Sub-17. O primeiro, para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior, e o segundo, para o retorno do Zeca, depois de cinco anos, à tradicional Copa Santiago. E finalmente, a partir do dia 30 de janeiro, outra vez a equipe Sub-17 estará em ação, mas no interior de São Paulo, para a inédita Taça Brasil.


"O clube está em plena ascensão nos últimos anos. O São José, pelos resultados que tem conquistado, já é conhecido e comentado em todo o Brasil. Isso é importante, porque dá ainda mais valor ao trabalho que é feito a partir da base dentro do clube" diz o coordenador das categorias de base, Luciano Moraes.


Até o final de novembro, a Federação Paulista de Futebol divulgará os grupos e sedes da Copa São Paulo. Neste momento, estão em fase de confirmação as cidades paulistas que receberão a mais tradicional competição de futebol júnior do país. 


"Mais uma vez estaremos na maior vitrine das categorias de base do Brasil, e com um grupo forte", aponta Luciano.


Na edição de 2019, o Zeca chegou ao melhor resultado no histórico de participações na Copa São Paulo, chegando à terceira fase. Para conseguir um desempenho ainda melhor em 2020, em campo, o técnico Leocir Dall'Astra comanda treinos intensivos nas últimas semanas. Na última sexta, a equipe fez um jogo-treino contra o União Harmonia, no Passo d'Areia. O grupo de jogadores que poderá participar da competição — ainda haverá uma lista fechada mais próxima da partida para o estado paulista — foi definido em outubro. 


Assim como acontece tradicionalmente, a Copa São Paulo abre no dia 2 de janeiro e encerra em 25 de janeiro.


Enquanto os juniores estiverem em território paulista, aqui no Rio Grande do Sul, a equipe Juvenil, comandada pelo técnico Rodrigo Santos da Silva vai à Região Central do Estado, em Santiago. A competição vai de 12 a 26 de janeiro.


"É um retorno do clube para uma competição que também abre uma grande janela no cenário nacional, além de experiência para os atletas. Por isso, estamos qualificando o grupo de jogadores neste momento, com algumas avaliações para o grupo que viaja a Santiago", explica o coordenador.

Conforme a organização do torneio, esta será a sua edição mais internacional, com quatro clubes estrangeiros: Nacional e Albion, do Uruguai, Alianza Lima, do Peru, e 3 de Febrero, do Paraguai. Ao todo, são 12 clubes. Os brasileiros serão o Cruzeiro, de Santiago, dono da casa, Grêmio, Internacional, Figueirense, Juventude, Palmeiras e Santos.


O São José foi confirmado nesta semana na Taça Brasil. A organização do torneio ainda não bateu o martelo sobre o número total de participantes e a sede onde ficará o clube.


"Este janeiro é fruto do grande trabalho que os professores e treinadores da base têm feito. O resultado disso, o torcedor pode acompanhar na nossa equipe profissional. Os bons resultados e os títulos, têm relação direta com o nosso crescimento na base", diz Luciano Moraes.


Foto: Divulgação/São José

Fonte: Assessoria/Clube