Jogador que agrediu árbitro irá a júri popular


O dia 4 de outubro de 2021 ficou marcado no futebol gaúcho. Na ocasião, o Guarani de Venâncio Aires recebia o São Paulo de Rio Grande, no Estádio Edmundo Feix, pela Divisão de Acesso. Contudo, uma ação do jogador William Ribeiro fez a partida ganhar notícia no mundo.


O camisa 10 do São Paulo ficou contrariado por ter levado um cartão amarelo e deu um encontrão no juiz. Após ele cair no chão, o atleta chutou a cabeça do árbitro. William chegou a ser preso, mas depois recebeu liberdade provisória.


No dia 25 deste mês de novembro, Ribeiro será julgado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS). O júri popular ocorrerá em Venâncio Aires, a partir das 9h, conforme informação divulgada pelo jornalista Rafael Divério de GZH. Ribeiro responde por tentativa de homicídio qualificado, que pode dar de 12 a 30 anos de reclusão. Por ser tentativa, a pena reduz de um a dois terços.


Após meses sem poder apitar e se recuperando da lesão cervical, o árbitro voltou aos gramados no dia 20 de abril na Divisão de Acesso. Contudo, logo depois decidiu guardar o apito e não trabalhar mais com o futebol.


Imagem: FGF TV