Jogo entre Seleção Gaúcha x e Seleção Brasileira completará 50 anos em junho


O presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, recebeu, na última quarta-feira (4), a visita de familiares do jogador campeão da Copa do Mundo de 1970, Everaldo Marques da Silva. O encontro teve como pauta a realização de uma exposição retratando a vida do ex-atleta, que deverá ocorrer em junho, na sede da entidade.


Entre os destaques da mostra estará o cinquentenário da partida Seleção Gaúcha 3 x 3 Seleção Brasileira, realizada no dia 17 de junho de 1972, no Estádio Beira-Rio. O confronto foi motivado pelo fato de Everaldo ter sido o único dos tricampeões mundiais de 70 preterido para o Torneio Independência, que comemoraria os 150 anos de emancipação do Brasil. Inconformados com a ausência do lateral-esquerdo do Grêmio, e também do centroavante Claudiomiro, que vivia excepcional fase no Internacional, os gaúchos se mobilizaram para marcar um amistoso contra a Seleção Brasileira, feito conquistado pelo presidente da Federação Gaúcha de Futebol na época, Rubens Hoffmeister.


Além da exposição, o projeto conta também com um documentário e um podcast sobre a partida histórica, que levou mais de 100 mil torcedores ao estádio colorado. Estiveram presentes no encontro a filha de Everaldo, Denise Silva, o neto Otávio Jr. e o sobrinho Luis Marques da Silva. Além dos familiares, participaram também os jornalistas Cléber Grabauska, Silvio Benfica e Georgia Santos, coordenadores do projeto, e, pela FGF, o secretário-geral Mauro Rocha e o Controller Marcelo Ducati.


Foto: Silvia Macedo/FGF

Texto de Silvia Macedo com supervisão de Christiane Matos