top of page

Jovens do 1992 vão passar por período de avaliação no Fluminense

O 1992 vem com um projeto consolidado no interior do Rio Grande do Sul. Neste momento, o foco do clube é com as categorias de base. O 92 tem uma grande estrutura social no centro de Carazinho. São mais de 600 sócios ativos e 300 crianças nas escolinhas do clube.


O time já disputa competições em nível estadual, nacional e internacional. E agora seus atletas começam a ganhar o país. Três jogadores passarão por um período de testes no Fluminense, no Rio de Janeiro.


Os atletas sub-10 Felipe Moura e Theo Diana e o atleta sub-9 João Lucas de Freitas embarcam para o Rio de Janeiro no mês de março, no dia 17, onde passarão por um período de avaliação junto a base do atual Campeão da América, Fluminense.


Os atletas chamaram atenção de scouts do clube carioca durante a participação da equipe carazinhense na Copa Lajeado, realizada no começo do ano. Ao final da competição os representantes do Fluminense entraram em contato com a comissão técnica do Clube 1992 demonstrando o interesse em levar os meninos para o CT de Xerém para treinarem e serem avaliados pela equipe carioca. Os três atletas são atacantes com inúmeros prêmios individuais atuando pelo Clube 1992 e no futsal da região.


Felipe Moura é um atacante de velocidade, drible e finalização, o famoso extrema muito utilizado no futebol moderno. Theo é centroavante com presença de área, ambidestro, goleador, e finalizador. João Lucas, assim como Felipe Moura, tem muita velocidade e força.

Os atletas terão acompanhamento em tempo integral de seu representante técnico, professor Tiago Tip, que acompanhará os jovens nos treinamentos a convite da equipe do Fluminense.

A ida dos jovens conta com apoio da empresa Futura Investimentos, de Carazinho, que está colaborando com o sonho das crianças de seguirem no futebol e se tornarem jogadores profissionais.


Felipe Moura, João Lucas e Theo

Foto: Divulgação/ 1992

Commentaires


bottom of page