Juventude é superior ao Bahia, mas novamente esbarra na falta de efetividade

O Juventude bem que tentou, criou boas oportunidades e foi superior ao Bahia, mas apesar da pressão não conseguiu balançar as redes e ficou no 0x0. A partida, válida pela 29ª rodada, ocorreu na noite deste sábado (30/10), no Alfredo Jaconi. Com o resultado, o Ju chega aos 30 pontos e permanece na 17ª colocação.


O jogo


A partida iniciou movimentada e desde os primeiros minutos o Juventude foi superior ao adversário. Logo aos dois, o árbitro da partida assinalou pênalti para o Juventude após toque de mão. No entanto, o VAR anulou. Aos sete, Dawhan fez o lançamento na medida para Michel Macedo, que chegou cruzando. A zaga tirou. Aos dez, a zaga do Bahia afastou mal após falta frontal e no rebote, Dawhan soltou a bomba. A bola saiu por cima.


A primeira chance do Bahia foi aos 15 minutos. Ronaldo ganhou da marcação em velocidade, tirou do Carné e finalizou. Vitor Mendes, de carrinho, chegou para tirar. Aos 31, Sorriso recebeu na esquerda e bateu colocado. Danilo Fernandes fez a defesa. Na última oportunidade do primeiro tempo, aos 47, Castilho bateu falta com perigo, mas o goleiro fez a defesa.


Na segunda etapa, a equipe comandada pelo técnico Jair Ventura seguiu em cima e criando as principais situações. Aos 25, a melhor oportunidade. Wescley recebeu na esquerda, limpou a marcação e bateu colocado. A bola carimbou o travessão, quicou em cima da linha e saiu. Aos 33, Chico bateu falta frontal e a zaga do Bahia afastou contra a própria meta. Quase contra.


Buscando a vitória até o último minuto e empurrado pela torcida, o Verdão ainda tentou. Aos 45, Wescley se livrou da marcação, invadiu a área e cruzou. Por pouco Ricardo Bueno não chegou para desviar. Na última chegada, aos 46, Pacheco fez o cruzamento e Wescley, dentro da área, não pegou bem na bola e mandou pela linha de fundo.


O Verdão volta a campo no próximo dia 10. A partida, contra o Internacional, está marcada para às 21h30, no Jaconi.


Foto: Fernando Alves/E.C.Juventude