Juventude perde em casa em jogo com muita reclamação

Não faltou garra, entrega e muita luta para o Juventude na estreia do Gauchão. Porém, com um jogador a menos durante a maior parte do jogo e com arbitragem muito criticada pela torcida mandante, a equipe comandada pelo técnico Marquinhos Santos acabou superada por 1 a 0 pelo Internacional. A partida ocorreu na noite desta quinta-feira (23/01), no estádio Alfredo Jaconi.

Sem muito tempo para descanso, o Juventude já volta a campo no final de semana. A equipe enfrenta o São Luiz, no domingo (26/01), às 19h, no estádio 19 de outubro.


POLÊMICA

Aos 15 minutos, o primeiro lance polêmico da partida. Após defesa de Marcelo Carné, Sarrafiore aproveitou rebote e finalizou de cabeça. Antes da bola entrar, porém, Genilson girou o corpo e evitou o gol. Na avaliação de Daronco, mesmo com o braço colado ao corpo, pênalti. Mais do que isso, cartão vermelho para o zagueiro alviverde, apesar de não haver, a intenção do atleta em bloquear, com o braço, uma finalização a queima-roupa. Na cobrança, Galhardo converteu. 0 x 1. A imagem da televisão também não é clara se a bola bateu no ombro ou, até mesmo, no rosto do jogador do Juventude.


Foto: Arthur Dallegrave/E.C.Juventude