Juventude pode ter até 7 desfalques para o CAJU

O Juventude é uma das equipes do futebol brasileiro que tiveram um curto tempo de pré-temporada devido ao avanço do calendário de 2020 na temporada 2021. Após o fim do Brasileirão da Série B, o verdão já teve de entrar em campo pelo Campeonato Gaúcho. A pré-temporada de pouco mais de 10 dias contou apenas com um jogo-treino, contra o Próspera.


Com uma sequência forte de jogos no regional e Copa do Brasil, o desgaste físico preocupa o técnico Marquinhos Santos. Na próxima semana, o clube viaja para Goiás, onde enfrenta o Vila Nova, pela 2ª fase da Copa do Brasil. Em caso de vitória no jogo-único, o papo pode faturar R$ 1,7 milhão. Contudo, antes, na segunda-feira tem o clássico contra o maior rival, o Caxias pelo estadual. O treinador Marquinhos Santos já antecipou que pode perder até sete atletas para evitar lesões.


"Acredito que nesses jogos vamos ter que tomar algumas decisões, pode-se perder seis a sete atletas para o CAJU para se ter uma equipe forte, melhor estruturada, mais preparada para a Copa do Brasil, que tem o desgaste de viagem. Muito provavelmente tenha perda de alguns atletas em consequência desse calendário apertado", declarou o técnico do Juventude em coletiva após a vitória contra o Aimoré por 1 a 0 no estádio Montanha dos Vinhedos.


Foto: Gabriel Tadiotto/ECJuventude