Juventude vai entregar pessoalmente na FGF dossiê com erros de arbitragem

Os erros de arbitragem contra o Juventude podem custar a classificação do clube para as semifinais do Campeonato Gaúcho 2021. Com complemento da rodada, a vitória em cima do Esportivo teria colocado o time no G4, pois Caxias e Ypiranga empataram em 2 a 2. A partida, na última segunda-feira, no estádio Montanha dos Vinhedos, terminou 2 a 2 e com muita reclamação.


O Juventude questiona lances pontuais, mas determinantes no placar. O primeiro gol do Esportivo teve um toque de mão quando a bola entrou, depois o pênalti para o time da casa foi marcado de forma equivocada e o time de Caxias do Sul teve um gol legal anulado por impedimento inexistente. O clube ainda reclama de um gol anulado em um contra-taque, onde o árbitro Lucas Horn ficou parado no campo de defesa analisando um possível escanteio ou tiro de meta. Enquanto isso a bola estava rolando e o Juventude atacando em velocidade.


Marquinhos Santos, técnico do Juventude, classificou como grotescos os erros da arbitragem. O técnico ficou indignado e disse que nunca viu uma arbitragem tão ruim em 26 anos de trabalho no futebol.


A direção do Juventude vai pessoalmente à sede da Federação Gaúcha de Futebol na quinta-feira para entregar um dossiê com as imagens dos erros da arbitragem. Contudo, uma fonte ouvida pelo peleiafc.com disse que isso já foi feito em outras oportunidades e não teve nenhum resultado.


Foto: Divulgação/Juventude