Lajeadense obtém suspensão de leilão do estádio na justiça

O Lajeadense conseguiu no mês de julho uma liminar suspendendo o leilão de parte do estádio do clube. O motivo era uma dívida de R$ 143 mil com um ex-atleta. A ação foi impetrada em 2014 e não cabe mais recurso. A vitória no tribunal foi comemorada pela direção.


"O Clube Esportivo Lajeadense vem por meio deste comunicar e aliviar sócios, torcedores, adeptos e apaixonados pelo esporte e por nosso querido Lajeadense a suspensão do leilão do Estádio Alviazul. Nossos aplausos ao Departamento Jurídico pelo excelente trabalho prestado. Não é uma guerra vencida mas em meio a tantas dificuldades relembramos do quanto precisamos de apoio pois a união é uma arma poderosa para ultrapassar qualquer dificuldade", declarou o clube nas redes sociais.


A parte que iria a leilão correspondia a metade da área total pertencente ao clube, já que são duas matriculas. O espaço foi avaliado em R$ 5,8 milhões. O lance mínimo era de R$ 3,07 milhões.

Hoje, o clube tem uma dívida trabalhista estimada em R$ 800 mil de casos que não cabem mais recurso de outros ex-jogadores. Uma gabinete de crise foi instaurando pelo clube para tratar desses casos.