Maior presidente da História do Santa Cruz deixa o cargo


Na próxima quarta-feira, dia 1º de dezembro, o Santa Cruz irá eleger a sua nova diretoria. O empresário Miguel Schuck deverá ser aclamado e irá assumir a cadeira de Tiago Rech. Sob sua gestão, o galo carijó passou por um profundo processo de reestruturação com sucesso, mesmo em meio a uma pandemia.


O Santa Cruz foi Campeão da Copa FGF 2020, primeiro título oficial da sua histórica, e, também, conquistou o acesso para a Série A2 e o título da Terceirona Gaúcha.


Tiago Rech deixa o cargo máximo do estádio dos Plátanos com seu nome gravado na história como o maior presidente do centenário galo carijó. Nas redes sociais, Rech disse que sai com a certeza que sua gestão fez história no clube.


"Saio com a certeza de que fizemos história. Organizamos a gestão, unimos o clube, levantamos duas taças e subimos de divisão. O Galo hoje é outro!

Muito obrigado a todos que estiveram comigo nessa caminhada: torcedores, conselheiros, sócios, jogadores, patrocinadores, amigos, familiares, comissão técnica, imprensa e, principalmente, meus colegas de diretoria", declarou.


Agora, Tiago Rech deve assumir a cadeira de presidente do conselho deliberativo do Santa Cruz. Depois da eleição, o galo começa o seu planejamento para a Divisão de Acesso 2022. O campeonato deve começar logo após o término do Gauchão.


Foto: Arquivo Pessoal