Meia campeão da Copa SP fala sobre o título e o novo momento do futebol na base

Ele é meia e com 19 anos já enfrentou um clássico valendo um título que disputado como gente grande. Igor Pereira dos Santos foi um dos jogadores que entrou em campo pela final da Copa São Paulo, no estádio Pacaembu, no dia 25 de janeiro. Atleta do Internacional, o jovem conquistou o troféu da copinha em cima do Grêmio no começo do ano.


Em contato com o site peleiafc.com, o jogador afirmou que o ano vinha sendo espetacular, mas a pandemia mudou completamente a rotina dentro e fora de campo.


"Essa doença pegou todos de surpresa. Já estávamos no final da pré-temporada. Faltando poucos dias para estreia na Copa do Brasil e no Gauchão. Mas graças a comissão técnica estamos trabalhando duro em casa para voltar ainda mais forte quando tudo isso passar", contou o jogador.

Sobre o título inédito no começo do ano, o meia detalha ter sido um começo de ano muito intenso com a Copa SP e destaca a união do grupo colocrado como ponto para garantir o topo do pódio.


"Ganhar a Copa São Paulo foi algo surpreendente e que vou levar para minha vida. Foi só um mês de competição, mas foi muito intenso. Acredito que a união fez total diferença na nossa conquista. Todos trabalharam em prol de um só objetivo, que foi conquistado graças a dedicação de todo o elenco e comissão", contou Igor.


Com a paralisação do futebol, resta treinar em casa. O atleta conta que a comissão técnica realiza reuniões online. Ele ainda mantém a fé que tudo isso vai passar.


"Minha rotina está sendo muito tranquila e cheia de trabalho. Com treinos que foram passados pelo preparador físico, além de reuniões com toda a comissão técnica. Tenho certeza que tudo isso que estamos vivendo por causa do covid-19 vai passar e o futebol com certeza voltará. Todos os jogadores estão ansiosos para voltar a rotina normal de treinos, jogos e concentrações, mas temos que ser cautelosos e pensar primeiro na saúde de todos os seres humanos", finalizou.


Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal