Nova Sala de Reuniões é inaugurada no Jaconi

Mais um ambiente do estádio Alfredo Jaconi passou por reformulações e foi inaugurado na noite desta quinta-feira (23/09). A sala de reuniões, batizada de Idalino Pizzamiglio, honra a memória de mais um grande torcedor da história Alviverde. O evento contou com a presença de diretores, conselheiros e familiares de Idalino, que comemoraram a homenagem. A reforma faz parte do processo de modernização de um espaço do Jaconi que conta ainda com a sala da presidência e o salão nobre, também inaugurados recentemente.


Quem foi Idalino Pizzamiglio?


Natural de Lagoa Vermelha, Idalino Pizzamiglio chegou à cidade de Caxias do Sul no ano de 1935. Trabalhou na Tecelagem Pizzamiglio e, nos anos 1960, transferiu-se para a empresa Scavino Bertuzzi, na qual se tornou sócio. Foi casado com Ivonne Segatto com quem teve seis filhos: Luiz Ernesto, Carlos Alberto, João Carlos, Heloisa, Fernanda e Idalino Filho. Após o falecimento de Ivonne, casou-se com Fátima Batistela. Foi um homem dedicado aos seus, alegrava-se com a união dos filhos e netos e apreciava uma boa partida de canastra em família.


Apaixonado pelo Juventude, vinha ao Estádio Alfredo Jaconi mesmo no período em que suas condições financeiras não eram favoráveis e assistia aos jogos entre as frestas da arquibancada de madeira. Em 1963 se associou ao clube e, sempre que possível, estava presente para torcer pelo bravo quadro esmeraldino. Se não conseguia vir ao estádio, de casa acompanhava a disputa próximo ao fogão a lenha.


Nos dias de jogos estava no estádio acompanhado da esposa e dos filhos, que ganhavam maças e bergamotas durante a partida. No dia em que o Juventude jogou abaixo de neve, no ano de 1975, seu fiel torcedor estava presente. Um dos jogos mais marcantes em sua vida ocorreu na cidade de Novo Hamburgo. O time alviverde desceu a serra para jogar contra o Floriano e seus torcedores levaram um caminhão de foguetes para a ocasião. No entanto, foram proibidos de entrar no local com os artefatos e, insatisfeitos com a decisão, jogaram os foguetes por cima do muro e deixaram o estádio do rival coberto de fumaça por 15 minutos.


A paixão de Idalino pelo Juventude é perpetuada por seus descendentes e a família Pizzamiglio conta com duas – e o futuro nos dirá se mais – gerações de dirigentes alviverdes que trabalham para o crescimento e fortalecimento do clube.


Foto: Fernando Alves/E.C.Juventude