Presidente da FGF fala sobre o BRA-PEL

Adiado após um atleta do Pelotas ser diagnosticado com a covid-19, o clássico Bra-Pel ainda não tem o futuro definido. O presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman, se manifestou sobre o jogo entre Pelotas e Brasil durante entrevista ao programa Show dos Esportes, da Rádio Gaúcha, na sexta-feira. Conforme o mandatário da FGF, a partir de segunda-feira, a situação do clássico da zona sul deve ser tratada de forma mais concreta.


"A nossa intenção é realizar 100% dos jogos. Estamos vivendo uma situação tão diferente que não descarto nenhuma possibilidade. Vamos ver essas duas rodadas, venho conversando com os dois presidentes e a prefeita. Como tudo é tão dinâmico, então, vamos fazer a rodada de sábado e domingo, temos um desenho pronto da rodada de quarta-feira e já estamos trabalhando na questão do Bra-Pel. É algo que poderemos trabalhar de forma mais efetiva na segunda-feira", declarou Hocsman ao jornalista Luciano Périco.


Para o clássico ser cancelado seria necessário um acordo entre as equipes. Mas segundo o presidente, também tem o interesse comercial da emissora detentora dos direitos de transmissão do Gauchão. Além dessas questões, há outras variáveis envolvidas, por isso, o presidente Hocsman adota cautela.



Foto de capa: Tales Leal/EC Pelotas/Divulgação