Presidente de clube coloca cargo à disposição e cogita desistir da Divisão de Acesso

O site peleiafc.com conversou com o presidente do São Paulo, de Rio Grande, nesta sexta-feira. Deivid Pereira confirmou que colocou o cargo à disposição. Inclusive, o clube cogita não jogar o restante da Divisão de Acesso prevista para recomeçar em agosto. Segundo o dirigente, a paralisação do futebol inviabilizou financeiramente o São Paulo.


Nesta semana, os presidentes da Série A2 estiveram reunidos com Luciano Hocsman, presidente da FGF, para tratar do campeonato. Logo após o encontro, Deivid tinha afirmado ao peleiafc.com que reconhece o esforço de Hocsman em achar uma solução. Contudo, não será irresponsável de assumir algum compromisso sem previsão financeira.


"Reconheço todo o esforço da FGF em buscar alternativas e oferecer suporte. Infelizmente estamos numa cidade fragilizada economicamente e com uma projeção ainda pior pós coronavírus. Como gestor, não serei irresponsável de confirmar uma determinada situação sem ter previsão de captação de recursos", declarou o dirigente do clube da zona sul do estado.


Ainda nesta conversa, o presidente do leão do parque não descartou a possibilidade de abandonar o campeonato, mesmo que a punição seja o rebaixamento para a Terceirona Gaúcha.


"Hoje, a minha posição pessoal seria a de rescindir os contratos com os jogadores e pedir licenciamento da competição, embora a possibilidade de rebaixamento para 2021. Essa paralisação nos inviabilizou administrativamente", desabafou o mandatário do Aldo Dapuzzo.