Presidente do Caxias é eleito o melhor dirigente e recebe homenagem da filha: "Ele conseguiu!"

Quem assume um clube de futebol no interior do estado sabe que a missão é árdua e vai enfrentar muitos problemas para resolver, tanto dentro quanto fora de campo. O combustível para esse cargo é a paixão pelo seu clube.


Ser presidente é saber lidar com dívidas, minimizar a escassez de recursos financeiros, ser cobrado pelo torcedor e ao mesmo tempo motivar esse torcedor. Quem assume um clube de futebol no Rio Grande do Sul também sabe que terá de passar mais horas na sua segunda casa, o estádio, do que com a própria família. É abrir mão de finais de semana em casa para trabalhar para o clube e tudo isso no famoso "0800", de forma gratuita.


Chegar a final de um Campeonato Gaúcho é o sonho de todo o dirigente e disputar de igual para igual contra um gigante da capital é um feito que merece taça. Por isso, o presidente do Caxias foi eleito o melhor dirigente do Campeonato Gaúcho 2020. A escolha foi divulgada na noite de segunda-feira na premiação dos melhores do Gauchão. Paulo Cesar dos Santos teve o reconhecimento por todo o esforço realizado para chegar a uma decisão regional em meio a maior crise mundial dos últimos 100 anos, a pandemia da covid-19, doença dificultou ainda mais o trabalho paralisando o futebol por quatro meses.


A conquista mereceu até uma homenagem da filha, Paola Bazzanella. Ela relatou nas redes sociais, o sentimento após o árduo caminho percorrido para chegar ao vice-campeonato gaúcho do seu pai e presidente grená.


"Ele conseguiu. Sim, ele. O que chamaram de 'só um motorista de ônibus', 'aquele que não completou nem o primeiro grau de estudos'. O que foi intitulado de só mais um 'coitado, sonhador, se metendo num lugar que não era pra ele'. Esse mesmo, o alvo de incontáveis críticas pejorativas que tanto desmereceram sua história e caráter, hoje além de ser Vice Campeão Gaúcho de 2020 é consagrado com o prêmio de Melhor Dirigente do Gauchão. Palavras me faltam para fazer jus a um prêmio tão importante e tão merecido, que não desmerece de forma alguma o trabalho do coletivo, mas reconhece a tua singularidade e a tua persistência diante de tamanha pressão. Só consigo desejar que ele se torne a representação da tua superação e da tua capacidade, que por muitos foi tão questionada. Obrigada por ser esse homem que hoje é objeto do meu maior orgulho.

Te amo meu pai presidente grená ❤️"


Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação