Presidente do Juventude afirma que clube vai à CBF após erros da arbitragem

O Juventude segue firmemente em busca de seus objetivos no Campeonato Brasileiro. O Verdão recebeu o São Paulo, pela 18ª rodada da competição e em um confronto equilibrado, as equipes ficaram no empate em 1x1. O Ju saiu atrás no placar após pênalti polêmico para a equipe paulista, mas mostrou força para buscar o resultado nos minutos finais e conquistar mais um ponto importante na Série A.


Após o jogo, o presidente do Juventude, Walter Dal Zotto Jr reclamou muito de arbitragem e disse que o clube irá se reunir com a comissão de arbitragem para tratar dos erros referentes aos últimos dois jogos em casa contra Fortaleza e São Paulo. Contra o time do nordeste, o árbitro deixou de marcar uma pênalti. Já diante do São Paulo, a reclamação é quanto ao não uso do VAR para rever o lance capital para o São Paulo.


"Sobre a arbitragem, vale pontuar que, no nosso entendimento, fomos prejudicados mais uma vez. O Juventude teve lance capital no final contra o Fortaleza, que foi pênalti. Sabemos do critério do chamamento do VAR, sabemos do critério da arbitragem como é que funciona. Hoje, tivemos um lance capital que tinha uma convicção da arbitragem, muito parecido com a partida contra o Inter, em Bento, e o árbitro não sei se foi chamado para ver. Temos a convição que não foi pênalti. Estamos num momento de final de turno e que começa a se definir quem briga pelo que. Tem muita equipe grande brigando conosco na zona intermediária da tabela e na zona de rebaixamento, e que nos preocupa muito. A arbitragem tem critérios diferentes e de acordo com os interesses. Isso é uma coisa lamentável. Nós vamos para o Rio de Janeiro na quarta-feira e vamos solicitar uma visita junto à Comissão de Arbitragem para rever os lances polêmicos e, principalmente, pela arbitragem não ter sido chamada. Estamos vendo um condicionamento", declarou o dirigente.


O próximo compromisso Alviverde é longe de casa. Na quinta-feira (02), o Juventude enfrenta o Fluminense, às 19h, no Maracanã, em partida atrasada da 14ª rodada.


Imagem: TV Papo