top of page

Presidente do Pelotas admite falha, mas descarta leilão: "Foi feito um grande barulho"

Na última sexta-feira, o presidente do Pelotas concedeu uma entrevista coletiva para esclarecer a dívida de IPTU que levou o Estádio da Boca do Lobo para leilão. Inclusive já tinha até data marcada, 8 e 19 de fevereiro, com lance mínimo de R$ 93 milhões.


Após o caso ser divulgado pelo repórter Pedro Petrucci, de GZH, o presidente Rodrigo Britto falou sobre o caso. Logo de cara, o mandatário descartou a possibilidade de leilão. O clube procurou a prefeitura para negociar a dívida.


"Quero deixar claro que não existe a menor possibilidade da Boca do Lobo ir a leilão, do patrimônio do Pelotas ser ameaçado. Nos pegou de surpresa. Cada gaveta que a gente abria saía um papagaio. Tomara que seja o último. Foi uma falha administrativa. As providências já foram tomadas junto à prefeitura. Acertamos os pontos. Torcedor, não tem a menor possibilidade de ficar sem seu estádio, o mais antigo do país. Foi feito um grande barulho em relação ao leilão. A Boca do Lobo é e sempre será do Pelotas", afirmou o presidente.


Segundo Britto, a dívida é um pouco maior do que foi divulgado na imprensa, cerca de R$ 6 mil. Ao longo da entrevista, o presidente falou muito em transparência, mas não quis revelar o valor real do débito.


"É um valor um pouco mais alto, mas não é exorbitante. Não estava dentro de uma negociação feita em 2014. Foi uma parcela de atraso. Não é nada que não possa ser resolvido. Agradeço a prefeitura que nos recebeu de pronto para resolver a questão. O valor está sendo negociado juridicamente e vai ser tudo acertado", explicou.


O presidente também comentou que a diretoria trabalha diariamente no clube. Ele justificou o motivo de o Pelotas ainda não ter feito anúncios para 2024 no futebol. Conforme Britto, o clube priorizou acertos com os atletas que disputaram a última Divisão de Acesso.


"Tenho escutado muita coisa na imprensa. O Pelotas trabalha diuturnamente. Estamos fazendo a troca na administração do Pelotas para dar a nossa cara. Estamos trabalhando e conversando com os jogadores. Pelotas tem acertos com jogadores e trabalha seu futebol. Por sermos pessoas éticas, não queremos anunciar nada antes de conseguir acertar o que ficou para trás no campeonato passado", finalizou.


Foto: Nei Borges - Especial ECP

Comments


bottom of page